sábado, julho 22, 2006

Será mesmo Verdade?


A secretária inglesa Catherine, 33 anos, foi demitida da empresa financeira Dixon, no Reino Unido, acusada de “má conduta” em seu blog pessoal.
A demissão causou controvérsia sobre o direito das empresas de punir funcionários por seu comportamento na internet.
Autora do blog La Petit Anglaise, Catherine assinava os posts sob pseudônimo e descrevia pequenos fatos de seu quotidiano, como a compra de uma cafeteira ou um diálogo com um desconhecido.
O blog, que de acordo com o Times Online tinha três mil acessos diários, não fazia comentários sobre os empregadores da secretária ou mesmo revelava qualquer informação da empresa.
A identidade de Catherine foi descoberta por que funcionários da empresa identificaram detalhes nos posts compatíveis com seu tipo físico e personalidade.
A empresa considerou inadequada a conduta da secretária de publicar e discutir fatos da sua vida num blog.
Demitida, Catherine anunciou que processará seu empregador, pelo que considera um ato de discriminação. A empresa argumentará que Catherine usava horas de trabalho para actualizar o blog.
(noticia retirada da internet)

7 comentários:

SA disse...

Bastante interessante essa notícia e abre um novo precedente na Justiça. Estou curiosa para ver o desfecho que o caso vai ter.

Solaris disse...

Sabes miuda, há alguma falta de informação no texto que publicaste. Falta saber se a tal Catherine usava ou não o tempo que a empresa lhe pagava para actualizar o blog! A confirmar-se eu, sendo patrão, despedia-a!
Mas não podendo provar-se a burla da funcionária, ou não sendo verdade, é uma profunda e aberrante forma de descriminição por parte da empresa, só comparável às perseguições que aconteciam no nosso país durante o Estado Novo. A confirmar-se eu, sendo empregado, processava-os!
A liberdade de expressão e do pensamento é um facto; uma realidade indiscutível e um direito adquirido e incontornável. Assim como o é o direito de uma qualquer empresa à fidelidade profissional dos seus empregados.
E vejo no dia-a-dia que nem uns nem outros, empregados ou patrões, se respeitam mutuamente!

Miudaaa disse...

Sa:
Não sei o que diz a lei.
Tal como tu fiquei curiosa em saber o desfecho.

Solaris:
Penso que um dos argumentos da entidade patronal, é de que a Catherine usava o horário laboral para actualizar o seu blog... penso que o mesmo é possível de descobrir técnicamente.

Dora disse...

Isto realmente...uma pessoa fica sem saber o que dizer...
Se fosse nos Estados Unidos, processava-os e ganhava.
Só se for parva é que não põe um advogado no meio...

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Keep up the good work. thnx!
»

Anónimo disse...

Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
»