sexta-feira, janeiro 06, 2012

Minha Querida MaMã

Os dias passam, os meses... e já posso falar em anos. Parece-me que foi ontem que recebi a notícia que não queria nunca ter ouvido. A invasão de sentimentos e a certeza que tinha que ser forte, muito forte. Porque é a lei da vida, porque o Papá precisava de mim, porque porque porque... dias cheios de porque... A verdade é que mesmo sabendo que é uma certeza, a saudade é tanta... é muita... é imensa... do tamanho deste Amor incondicional que guardo pelo ser que me deu a vida e que mais AMOOO. Até Já Mamã.


2 comentários:

mfc disse...

Podes ter a certeza que ela te está a sorrir muito ao ler este post.
Um grande beijinho para ti!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Onde ha dor, o chao é sagradao, escrevia Oscar Wilde. Quem me acompanhou mais de perto fui percebendo isso com a minha Mae o meu Pai, que se foram embora e de quem nao consigo falar muito mais. Por isso gostaria apenas de me mostrar solidario quando o mundo desaba e ainda por cima temos de levar nos ombros a dor e a dorça e a saudade...

Ujm beijinho apertado