sábado, março 06, 2010

26 meses, MaMã

No silêncio de tanto a amar fica o momento.

Obrigada, Mamã.

2 comentários:

Uma boa parte de mim disse...

É nos silêncios que melhor percorro as palavras e as vidas das gentes.
E gosto muito de ti. E desses teus silêncios. Não passei no dia, mas passo hoje, para deixar mais este beijo grande e abraçado.

Valéria Gomes disse...

Estamos sempre a seguir. Uns barulhentos, outros silenciosos, mas sempre a seguir. Creio que para sentirmos tanto amor, é necessário mesmo calar a voz e aumentar o volume do pensamento, deixando as boas lembranças pairar no ar, no conforto da nossa preciosa realidade (vida).

Carinho!!!