sexta-feira, setembro 21, 2007

éS Tu?

Are You the One???
Serás Tu... És Tu...???

És Capaz?

Sem medos. Sem receios. Sem vergonhas.

Mergulhas? Caminhas? Guias?

Partilhas. Divides. Desejas.
Are You the One???

Nunca mas Nunca temos as respostas às nossas perguntas. E quando as temos, sabemos que nunca são definitivas. A própria vida é que as vai revelando.
Aprendi a olhar para o que me acontece com a maior das atenções, e escolhi ser a personagem central de todo o enredo. A grande diferença está no facto de que a filme dura apenas 120m...


13 comentários:

Pedro disse...

Só Tuuu podes respoder a essa pergunta ... !!!


...mas Eu Gostavaaaa tantooo, Queriaaa tantooo, SintoTe tantooo tantoop e Sonho tantooo em Ser...

...que se Me perguntares...


Eu sorrioTe a dizer :


. Simmmmmmmmmmmmmmmmmm


bj d Pan ,o)

Flôr disse...

Se és capaz? CLARO QUE ÉS!... O que quer que seja! Tu és capaz... eu sei que és! :D

Passo rapidinho para te sorrir, para te abraçar demorada e fortemente, para te dizer ao ouvido que te amo, para te garantir que em momento algum te esqueço, para te lembrar que continuo a pedir-LHE pela mamã e pelo papá, para te agradecer o teu amor e o teu carinho, para te dizer que tenho a minha mão SEMPRE, agarradinha à tua, para te dizer que gosto de "caminhar" contigo pela "estrada" da Vida, para te dizer que estou sempre AQUI, PARA TI.... são tantas as coisas boas, sinceras, alegres e sentidas que sinto por ti, meu amor....

A ausência.. é unicamente porque tenho menor acesso à net... estou sem net em casa e tenho andado mais atarefada... mas estamos todos bem... estou serena e sempre confiante de que Ele cuida de mim e dos que amo.... e eu amo-te.... amo a mamã e o papá... amo a nossa Zeca.... e cada vez tenho mais a certeza que a tua amizade além de especial é importante para a minha alma... para o meu coração...

Estou ausênte... mas presente em ti.. tu sentes, tu sabes, não é?

Para quando a nossa viagem até Aveiro? Para quando eu abraçar a mamã? são desejos, são quereres da tua Flor....

Amo TU na medida da imensidão do Universo e com a força do amor de Deus...

Abraçooooooo a tua alma e beijo o teu coração... NESTE INSTANTE... AGORA....

Beijo docinho do meu Pedro para ti e de mim, um beijo doce e votos de um Outono sereno e muito luminoso.

Tua Flor com amor para ti e papás :D

Anónimo disse...

Are You the One?
Deixo-te esta...
Quem nao gostaria de partilhar contigo?
Beijinhos.R

Sol da meia noite disse...

A vida é feita de interrogações...

É tão pouco o que sabemos quando comparado com o que não sabemos...

Beijinho!

Olá!! disse...

Com ou sem longa metragem
Com ou sem dúvidas
Com ou sem personagens e duplos
Do filme da nossa vida somos os realizadores
Tu mereces um Óscar, não dos de Hollywood mas o Óscar da Amizade.
Beijo em tu

Alien David Sousa disse...

Olá minha MIUDA, eu acho que todos nós somos a personagem principal da nossa vida.

Concordo com TU.

Mas eu mudaria o final do teu texto.

Eu diria que sou a personagem principal da minha vida e serei dona deste papel até que a vida me deixe. Não sei por quanto tempo.

beijinho grande em TU!

Diabba disse...

Todos somos "the one" de alguém!

beijos d'enxofre, até amanhã

Belzebu disse...

Todos somos "the one" de nós próprios e o que vier por acréscimo...tanto melhor!

Aquele abraço infernal!

Belzebu disse...

Ora toma lá sua Diabba malvada!

eheh!!Aquele...

Miguel disse...

Are you the one?
Sou. Ainda não percebeste? Está difícil.
Mas estou tranquilamente à espera.
Beijos e abraços sem serem infernais.
Miguel

Anónimo disse...

Esse post fazME lembrar um filme...“O Amor Não Tira Férias” ou ”The Holliday” na versão original. Existe uma cena muito bonita num jantar entre Arthur (Eli Wallach) e Íris (Kate Winslet), adoro ambos, Arthur definia todos os “filmes da vida” em Hollywood numa frase mágica em que diz o seguinte; “Iris, in the movies, we have leading ladies and we have the best friend. You, I can tell, are a leading lady but for some reason, you're behaving like the best friend.” Todos temos os nossos momentos, por vezes perdemos o papel principal no filme da vida, mas rapidamente voltamos assumir o que é nosso por direito.

Beijo Cinéfilo

Q.

serenidade disse...

Pois é amiga querida, quanto mais consciente estamos do filme que é nossa vida, em que resolvemos ser a principal personagem, é uma responsabilidade acrescida SER, tal como queremos que seja a personagem principal do nosso filme favorito.
Bom fim de semana.

Serenos sorrisos.

Hindy disse...

Beijinho hindyado