domingo, setembro 03, 2006

O meu relógio

Acordo de noite subitamente.
E o meu relógio ocupa a noite toda.
Não sinto a Natureza lá fora,
O meu quarto é uma coisa escura com paredes vagamente brancas.
Lá fora há um sossego como se nada existisse.
Só o relógio prossegue o seu ruído.
E esta pequena coisa de engrenagens que está em cima da minha mesa
Abafa toda a existência da terra e do céu...
Quase que me perco a pensar o que isto significa,
Mas estaco, e sinto-me sorrir na noite com os cantos da boca,
Porque a única coisa que o meu relógio simboliza ou significa
É a curiosa sensação de encher a noite enorme
Com a sua pequenez...

(Fernando Pessoa)

18 comentários:

Casemiro dos Plásticos disse...

gostei =)

serenidade disse...

O relógio lembra-nos que a noite é imensa no meio das nossas insónias, que é pequena quando estamos cansados, que é maravilhosa quando entramos no mundo dos sonhos...

Um doce beijo sereno

amazing disse...

O teu relógio é como o teu coração.
Bate bate, tique taque, e quando dás conta, falta-lhe a pilha.

Estou mesmo mal.
Este comentário é um nojo.

Sorry.

Beijão na mesma.

.*.Magia.*. disse...

Olá Miudaaa
São pensamentos assim que vagueiam nos caminhos da insónia!

Gostei muito de te ver no meu mundo mágico!!!

Quanto a ser mágica...ehehehe sabes a minha opinião!!!!

Um beijinho encantado para ti!!!!!

Cris disse...

Também gosto muito de Fernando Pessoa! Faz-nos meditar: realmente o relógio, na sua pequenez, consegue ocupar um espaço enorme nas nossas vidas...
Beijinho grande!

Louco de Lisboa disse...

Tive assim um, não fui tão benévole com ele!!! Nem me trevo a dizer-te que lhe fiz, de certeza que irias ficar triste...

Kiss pour ttoi, até outro instante...

Louco de Lisboa disse...

MAGIA... tu por aqui...????

Tão a mágia não era só para mim???
Bem, relevo... a Miudaaa é uma pesssoa muito querida, por isso estima-aa de quando em quando mandalhe uns pozinhos de prlimpimpim!!!

KIssses para as duas....

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Que lindo querida :)

PapoilaTier disse...

Tic Tac...
Tic Tac...
Tic Tac...

(quantas conversas, quantos pensamentos nos fazem ter estes tic's e tac's...)

beijinho prateado :)

Luigi disse...

Os ponteiros pararam assim que entrei neste espaço. Não me importei como o tempo, assim pude perder-me nele...

magiaperdida disse...

Tic-Tac...quantas vezes olhamos para "ele"... umas com ansiedade q as horas passem, outras vezes desejando ardentemente q páre e ali fique;)))...
Bigada pela tua visita:)
***Beijo bué da mágico***

Tic-Tac....

Hindy disse...

Muito bonito!

Beijinhos :o)

zeca disse...

Pois...
mas também é esse relógio que nos ajuda a "abrir os olhos" depois de um "longo sono". Lentamente... devagarinho... vamos "abrindo" os olhos para o "NOVO DIA".
E o importante mesmo é "levantarmo-nos" todos os dias com ESPERANÇA que o NOVO DIA vai sempre ser melhor que o anterior...
E o importante mesmo é sabermos agradecer a esse "relógio"... afinal quantas e quantas vezes ele nos tem ajudado?! Quantas e quantas vezes ele não nos impede que continuemos a "dormir"?...

Que bom que "Hoje" tenhas decidido "levantar-te" com os "olhos bem abertos".
Viver sim, escolher sim, mas acima de tudo seja qual for a escolha, seja qual for o caminho... que caminhemos de OLHOS BEM ABERTOS... E VIVA O RELÓGIO!!!!

Um bom despertar...

Visi disse...

Arranjas-nos sempre coisa lindas para alegrar o dia!...e fazer-nos pensar nas formas mais positivas!


Beijoes !

Belzebu disse...

Este teu relógio sempre tão certo! Como sempre quando aqui venho é tudo menos uma perda de tempo!

Saudações infernais!

de Matos disse...

Nao ha mais nada a dizer é Fernando Pessoa e mais nada, o maior genio da literatura nacional.

bjs e boa semana

Lígia disse...

o mais infimo ruido no silêncio é como uma algazarra em pleno dia :) incomoda. FP é FP e "mai nada"

IsaMar disse...

Fernando Pessoa é único!
Bela escolha..gostei muito do poema.
Muitas veze só ouço o relogio...quando não consigo dormir...às vezes é esquisito...no meio de tanto silêncio apenas ouvirmos aquele toc toc.

beijinhos