segunda-feira, novembro 20, 2006

Era UmA VeZ...


O Leão e o Rio
Depois das grandes chuvas, o Leão foi confrontado com o ter de atravessar o Rio que o cercara. Nadar não fazia parte da sua natureza, mas era forçado a fazê-lo se queria sobreviver. O Leão rugiu e investiu contra as águas do rio que quase o afogaram antes de ele recuar. Foram muitas as vezes em que tentou a travessia deste modo, mas em todas elas fracassou. Exausto, o Leão deitou-se e foi quando se acalmou que ouviu o Rio dizer:
- Nunca lutes contra o que não existe.
Cautelosamente, o Leão olhou à sua volta e perguntou:
- O que é que não existe?
- O teu inimigo - respondeu o Rio. - Tal como tu és um Leão eu sou apenas um Rio.

O Leão então, sentou-se, muito tranquilo, a estudar o curso do Rio. Passado algum tempo, dirigiu-se ao ponto em que a corrente fluia para a margem e, ao deixar-se levar por ela, flutuou até ao outro lado.

21 comentários:

Diabba disse...

K história do diabo... gostei!! Respeita a natureza, respeita-te a ti, nunca faças nada que contrarie nenhum dos dois, pois respeitando os outros respeitas-te a ti!
Mas há quem lute contra moinhos de vento... perdendo preciosas energias...
Beijo de enxofre

juka disse...

De que nos serve a força se não usarmos de sensatez?

Gostei da história.

Hindy disse...

Belo ensinamento...muitas vezes temos de nos deixar levar pela corrente, em vez de lutarmos contra ela...

Boa semana e um beijinho "à moda" da Hindy para a miuda linda!

Belzebu disse...

Nadar contra a corrente nunca foi a melhor opcção! Convém sempre avaliar a corrente , antes de a contrariar. É só uma questão de tempo!

Saudações infernais!

Alexandre disse...

Miudaaaaaaaaa!!!!!!!!!!

O teu post veio na hora certa! Os ensinamentos que nele estão contidos fizeram-me reflectir... e acho que contribuiram para eu ver algumas coisas de outra maneira...

Depois, quando puderes dá um salto ao meu blogue... E serve-te!!!!

Beijokas!!!

crispipe disse...

Pois....é verdade, muitas vezes lutamos contra a corrente quando existem maneiras mais faceis.
Mas nem sempre as descobrimos.
Jokinhas

.*.Magia.*. disse...

Grande lição...
E logo para mim, que tenho alma felina...!

Gostei Miudaaa Mágica!!!!

pisconight disse...

Há que saber quando temos que nos deixar levar e não contrariar a corrente...
;)

naturalissima disse...

Vim pela mão da nossa amiga "*MAGIA*" e foi com um enorme prazer ler esta grande lição de VIDA.
Obrigada por este momento
Um beijinho
Daniela

Subas disse...

Sempre q aqui venho, acabo por me encaixar no teu mundo, na tua magia, nos teus sonhos... nas tuas lições de vida...
Obrigada por mais uma vez e, ao teu jeitinho doce, conseguires dar (mais uma) razão ao meu percurso...
Beijo da subas...

Anónimo disse...

bela lição de vida! xim xenhora

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Sou a pessoa mais burra do mundo mas nao compreendi a moral desta historia :(

serenidade disse...

Nós somos, a maioria das vezes o nosso pior inimigo, vemos mal e tristeza onde ela não existe, temos ver e pensar não como humanos mas com o olhar e o pensamento da nossa alma, lá está tudo de bom para nós, lá temos o melhr caminho, a melhor forma de ultrapassar os obstáculos nem que estes sejam apenas imaginários. Uma grande lição a do leão. Que consigamos sentar, tranquilos e reflectir sobre o curso da nossa existência... e encontrar ... o que tem de se ver...

És uma ternura... uma amiga verdadeira.

Um beijinho sereno.

Flôr disse...

Miúdaaa PENSO EM TI!

Que o nosso imeeeenso céu azul, dê traquilidade e confiança ao teu coração. :D

beijoca da TUA FLOR :D
Tudo a correr pelo melhor :-)

Xicha disse...

Por vezes não adianta mesmo remar contra a maré, simplesmente porque o caminho não será esse mas sim outro muito diferente...
FICA BEM MIUDAAA
JINHOS
XI

marco disse...

sao reis porque?
sao espertos!

Cris disse...

Podemos aprender muito com a Natureza! Precisamos é de estar mais atentos a esses ensinamentos!Tal como o rio, não podemos desistir ao primeiro obstáculo. Devemos sim, contorná-lo e seguir em frente!

Beijinhos :)

Anónimo disse...

que maneira bonita de ver as coisas!
Um beijo

Sapito disse...

Pena é nem sempre termos tempo para parar, reflectir, estudar... mandamo-nos logo ao rio!

;)

Anónimo disse...

desta história também se pode inferir que não devemos lutar contra o que não está na nossa natureza.. e esta é uma grande verdade. assumirmo-nos e fazermos aquelo que somos enquanto ser humano.

Anónimo disse...

HIstória linda... com calma e serenidade, osobstáculos pode ser ultrapassados, ainda que dificeis
bjs doces e ternos